Como posso saber se estou a fazer Reiki corretamente?

Como posso saber se estou a fazer Reiki corretamente?

Esta é de longe uma das perguntas mais frequentes que qualquer mestre Reiki ouve dos seus alunos. Normalmente são feitas por pessoas que não estão confiantes na sua capacidade de praticar Reiki noutras pessoas, às vezes até mesmo em si próprias. Há pessoas que têm medo pelas mais variadas razões. Como por exemplo, medo de prejudicar algum paciente ao fazer Reiki, medo de colocar as mãos em posições erradas, medo de não ser capaz de sentir o Reiki a fluir ou não de não sentir a sua intuição. Infelizmente, muitas vezes, esses medos levam a pessoa a ter medo de praticar Reiki, chegando mesmo a deixar de praticar ou a restringir a sua prática.

Não há nenhuma maneira errada de fazer Reiki, porque na realidade não é você que faz Reiki.

O que acontece numa sessão de Reiki, é um processo de concentração e meditação, praticado por si em que você se permite ser um canal para que a energia Reiki flua vinda do universo através de si e seja aplicada onde é mais necessária. Resumidamente, você se oferece para ser um canal puro para a passagem dessa maravilhosa energia.  Não é possível que esta energia flua de forma errada através de si. Pois esta energia é inteligente. Esta energia flui naturalmente onde quer que seja necessária, desde que não seja restringida. Ao receber uma sintonização, você está a convidar a energia Reiki para limpar quaisquer restrições que você possa ter que impeçam o fluxo natural em você e através de você. Após a sintonização, a energia Reiki simplesmente fluirá quando e onde é mais necessária. Você só precisa colocar as suas mãos em si mesmo ou em alguém para que a energia Reiki seja totalmente recebida. É realmente muito simples.

 

As nossas mentes são tremendamente lógicas e necessitam naturalmente de complicar o que é simples. Por isso temos a necessidade de ver como algo funciona e entender cada etapa e qual função executada. Mas como simplesmente o Reiki flui onde é necessário, essas etapas são inexistentes, criando uma situação desprovida de qualquer lógica criando um vazio lógico. Vazio esse naturalmente desconfortável para a mente humana, que pode ser causador de  incertezas acerca se está a fazer Reiki corretamente. Para aplicar Reiki basta colocar uma ou ambas as mãos sobre o corpo e, em seguida, simplesmente permitir que o Reiki flua onde é mais necessário. Por isso, lembrar todas as posições das mãos ou a ordem específica para coloca-las, não é muito importante. Resultado de imagem para doing reikiO mais importante é que você continue a praticar Reiki. Ao longo do tempo, esta prática irá ajudá-lo a saber intuitivamente onde colocar as mãos, em que ordem e quanto tempo para deixá-las lá. No inicio da sua aprendizagem naturalmente irá sentir-se mais seguro usando posições de mãos pré-estabelecidas. Isto somente enquanto você está a aprender a confiar no Reiki e na sua intuição para guiá-lo. Mas caso você se esquecer de algumas posições, deve ter em mente que as posições são apenas uma referencia para ajudá-lo a sentir-se confortável e confiante, e não vão interferir na forma correta de fazer a aplicação do Reiki.

 

O Reiki é uma energia inteligente que suporta a vida, por isso  não fará dano à vida. Há momentos em que ao aplicar ou receber Reiki pode sentir-se muito tenso ou desconfortável, isto porque reequilibra uma área muito rapidamente ou remove um bloqueio de energia muito forte. Se este desconforto tornar-se demasiado forte ou demasiado pesado para si ou para um paciente seu, basta parar a aplicação e o desconforto vai desaparecer. Este desconforto não tem origem nalgum dano que tenha sofrido ou mal que lhe tenha sido causado, a sua causa deve-se a uma forte reposição de equilíbrios energéticos. Nunca deve forçar uma pessoa a continuar a receber Reiki caso esta não queira ou caso peça para você parar, não importa qual seja a sua razão. Apesar de você saber perfeitamente que o Reiki não pode causar danos, no entanto é prejudicial fazer algo a uma pessoa contra a sua vontade.

 

Existem muitas pessoas que sentem dormência ou calor nas suas mãos depois de receberem sua primeira sintonização e posteriormente sempre que usam a energia Reiki. Há também muitas pessoas que não sentem nada nas suas mãos na maioria das vezes que fazem um tratamento de Reiki. Outros por sua vez sentem quando são sintonizados pela primeira vez, mas gradualmente essa sensação desaparece à medida que se adaptam a ela. As reações e sensações causadas pelo Reiki após as iniciações e durante as sessões de aplicação é completamente única e muito especial, variando de pessoa para pessoa.

 

Continue a fazer a autoaplicação de Reiki diariamente, mesmo após o processo de limpeza de 21 dias. Faça disso um objetivo e crie o hábito de fazer pelo menos 10 minutos de Reiki todos os dias. Torne essa pratica tão importante como tomar banho, comer e dormir. Será ideal que estipule um horário do dia para se dedicar unicamente á prática do Reiki. Resultado de imagem para energetic balanceNo entanto, lembre-se que você também pode fazer Reiki enquanto lê, vê televisão ou noutro momento qualquer que você possa colocar uma ou ambas as mãos em si mesmo. A sua compreensão do Reiki crescerá à medida que você continuar a praticar.  Neste processo, você irá perceber que está a aprender a reconhecer as formas como a sua intuição se expressa. Enquanto isto acontece, o seu processo de reequilíbrio energético continuará, também.

 

Pode parecer que todo o processo está a ser lento demais mas tenha paciência pois todo o processo começa muito lentamente e gradualmente vai aumentando de ritmo. Lembre-se você é único e especial. Cada um de nós tem o seu próprio ritmo para o equilíbrio e crescimento e a nossa própria maneira de experienciar o mundo. Não há nada de errado com você ou com o modo como o Reiki flui através de você.

 

Obrigado por ler este artigo e esperamos que o ajude, a melhorar a sua pratica, a manter sua fé e  a sua crença no Reiki. Namastê VidaLusa T.L.

Gostou deste artigo?Partilhe-o com os seus amigos e faça like na nossa pagina!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixar uma resposta