Dicas para fazer um espaço Reiki

Dicas para fazer um espaço Reiki

O reiki cada vez mais ao longo de vários anos tem vindo a ocupar um papel cimeiro no que refere às terapias alternativas com provas dadas. Nessa medida por todo o mundo em vários países existem associações devidamente certificadas.

Espaço reiki
Espaço reiki

Associações essas que por sua vez emitem diplomas consoante os vários níveis atingidos por cada pessoa no Reiki. Tal facto tem vindo a contribuir para que o Reiki tenha passado a ser visto de forma séria e como uma terapia fidedigna. Atualmente é importante que sejam associados ao Reiki, um conjunto de meios que potenciem a organização o ambiente de calma, relaxamento e conforto. Caso aplique reiki a pacientes, é importante que transmita uma imagem de profissionalismo e confiança. Por isso aqui ficam algumas dicas para a criação desse espaço.

 

Condições de salubridade:

– Silencio e sossego, são requisitos essenciais para que possa melhor se concentrar e conectar à energia Reiki;

– Deve possuir um WC;

Espaço físico;

– Deve ser suficiente para colocar uma cadeira e uma maca, para além de uma mesa de apoio;

– Deve possuir preferencialmente  janelas para arejamento e iluminação natural. Estas devem ter cortinas ou estores que permitam ocultar a visão do exterior e regular a luminosidade;

Mobiliário;

– O espaço deve possuir, uma cadeira, uma maca, uma mesa de apoio,  e um cabide;

Tecnologia;

– Deve possuir um sistema de reprodução sonora, para que em complemento possa usar musica Reiki para promover a meditação e relaxamento;

– Pode ter um computador desktop ou portátil que seja silencioso. Caso o use para registar fichas de pacientes, dados específicos de cada paciente e agendar atendimentos;

Iluminação e decoração:

– A iluminação deve ser suave e indireta, de preferência regulável;

– Nas paredes caso aplique reiki a pacientes é indispensável que afixe o seu diploma que ateste o seu nível Reiki;

– Pode colocar quadros inspirados em símbolos reiki ou outros. Deve primar pela simplicidade e descrição, para que não hajam fontes de distracção;

 

Consumíveis:

Papel descartável para forrar a maca – Não é produtivo forrar a maca com toalhas de tecido porque você precisa ter muitas e lavar a cada tratamento. O ideal é ter um rolo de papel descartável que se vende nas casas especializadas em material hospitalar. Não é caro e é descartável;

Lenços de papel descartáveis  –  é muito comum o paciente Reiki chorar enquanto recebe um tratamento. É preciso deixar o paciente chorar. Então, ofereça os lenços de papel descartáveis quando for necessário, sem perfume;

Sabão líquido para lavar as mãos – O seu espaço de trabalho deve ter um WC limpo e de fácil acesso ao paciente. As toalhas precisam ser de papel descartável e o sabão deve ser um sabão líquido. O sabão em barra pode provocar contaminação. O ideal é um sabão líquido neutro para não oferecer perigo aos pacientes que sejam alérgicos;

Manta – Deve possuir uma manta sempre à mão pois é usual os pacientes sentirem frio nas pernas e pés durante o tratamento.

 

Incensos e aromas:

Desaconselhamos que logo de início aplique a queima de incensos, velas aromatizadoras, ou use fragrâncias ou aromas. Deve antecipadamente se certificar de que o seu paciente não é alérgico a alguma dessas substancias. Mesmo assim existem dúvidas quanto às substâncias que compõem os incensos e aromas que podem ser cancerígenos. Assim aconselhamos que caso queira aromatizar o ambiente,  pode fazer uma formação em aromaterapia e usar óleos essenciais que são 100% naturais. Use o óleo essencial indicado consoante os sintomas do seu paciente. Faça a difusão num difusor  ultra-sónico para manter as propriedades terapêuticas do óleo essencial. Mas tenha sempre em atenção que esse uso deve ser autorizado pelo paciente.

Obrigado por ler este artigo e esperamos que o ajude, a melhorar a sua pratica, a manter sua fé e  a sua crença no Reiki. Namastê VidaLusa T.L.

Gostou deste artigo?Partilhe-o com os seus amigos e faça like na nossa pagina!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta