O Reiki de Mikao Usui – Breve história da origem do Reiki

A origem do Reiki é devida ao budista japonês Mikao Usui. O mestre Mikao Usui tinha o grande desejo de ajudar os outros a curarem-se mais intensamente. Para fazer isso, tornou-se familiarizado com os métodos ocidentais e orientais de cura, e depois sintetizou esses conhecimentos no que conhecemos hoje como sendo o Reiki Usui.

O Mestre Mikao Usui

Mikao Usui nasceu numa família com tradições espirituais (Tendai), mas ele questionou-se sempre se não haveria melhor maneira de curar. Curiosamente, Usui encontrou o caminho que ele precisava para criar o Reiki Usui, através da orientação de um sacerdote Shingon.

Este percurso não foi isento de problemas, começando por conflitos com a sua família, pois ao alterar as suas convicções era ir contra as suas próprias origens. Assim, ao seguir o sonho de alcançar algo melhor para curar – o sonho de Reiki Usui – tornou-se um discípulo e seguidor de Shingon.

Sempre de forma critica, conseguiu obter os melhores ensinamentos e técnicas, da medicina tibetana e Vajrayana tibetano. O que ele descobriu não era ainda o  Reiki Usui (pelo menos até esse momento), mas ele encontrou que as suas origens tinham grandes semelhanças ao Budismo esotérico japonês. Até aquele momento, ele tinha uma grande quantidade de informação reunida e tentou condensá-la numa estrutura mais formal para si mesmo. Para conseguir esse objetivo, ele começou a codificar o ensino e métodos num sistema, que incluía o uso de símbolos.

Cinco símbolos tradicionais do Reiki Usui

Ele também tinha criado métodos para tocar em canais de energia (chakras) e dharani esotérico. O dharani é um tipo de ritual semelhante aos mantras. São muito semelhantes, mas usados em diferentes situações.

Usui chegou a um ponto em que ficou preso, sem ideias, agarrado às tradições das origens e linhagens familiares. Com todo o conhecimento que tinha reunido sabia que existia uma energia com poderes curativos, cuja transferência ou aplicação a outros só poderia ser feita por mestres professores, os chamados Acharya. Como ele não era um professor mestre ele achou que haveria uma maneira de qualquer um poder fazer essa aplicação de energia curativa. Num momento de desespero e desorientação, ele decidiu meditar, jejuar e orar por uma linha de capacitação direta , ou seja orou para descobrir o Reiki Usui.

História

A história diz que Usui foi para a montanha sagrada de Kurama nos arredores de Quioto.

Templo no monte Kurama considerado o "Berço do Reiki"
Templo no monte Kurama considerado o “Berço do Reiki”

Kurama tinha sido um templo Tendai há anos, mas era frequentado por monges de outras seitas. Durante as suas meditações, ele descobriu uma maneira para poder começar a canalizar e a aplicar a energia com poderes curativos e começou a criar um conjunto de regras e técnicas, foi nesse momento que nasceu o Reiki Usui.  Diz-se que Mikao Ususi simplificou o método por forma a ser acessível a qualquer pessoa e ensinou a muitas pessoas o método para impor as mãos e curar. No entanto ensinou somente a poucos o caminho mais profundo, que podia levar a uma compreensão total do que é o Reiki.

O Reiki Usui é considerado o Reiki original e a origem da maioria dos sistemas de Reiki em uso no mundo de hoje. Mikao Usui deu um enorme contributo ao mundo, ao permitir  a qualquer pessoa que após uma ligeira aprendizagem passe a conseguir fazer uso do Reiki. O Reiki finalmente ficou ao alcance da generalidade das pessoas, passaram a ter acesso ao uso da energia vital universal.

Obrigado por ler este artigo e esperamos que o ajude, a melhorar a sua pratica, a manter sua fé e  a sua crença no Reiki. Namastê VidaLusa T.L.

Gostou deste artigo?Partilhe-o com os seus amigos e faça like na nossa pagina!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

2 thoughts on “O Reiki de Mikao Usui – Breve história da origem do Reiki”

    1. Ola José Fernando

      Grato pelo seu contacto. Pelo que se tem vindo pesquisar em muita literatura, acerca do uso dos símbolos no reiki existe um denominador comum a todos os símbolos do reiki. Ele é a formulação das intenções enquanto se faz uso do símbolo. Existem símbolos que são difíceis de executar para quem não sabe escrever japonês. O VidaLusa acredita que mais importante da forma como se desenha o símbolo ou outras é a formulação de intenções. Sendo o símbolo em si uma forma de canalizar um determinado tipo de energia promover a concentração do terapeuta, que ao visualizar e executar determinados símbolos está a formular intenções e a invocar a energia reiki com uma determinada finalidade, ao visualizar determinado símbolo ajuda a promover determinado tipo de cura. Por isso devemos não nos deixarmos distrair pelo acessório e devemos focar-nos no essencial. A energia é só uma como o próprio nome indica “Energia vital universal” o resto são utensílios, não devemos dar exacerbada importância aos símbolos sob pena de desvirtuar essa maravilhosa energia. Por isso não devemos dar demasiada importância às formas como os desenhar mas sim na intenção com que usamos esses símbolos que nos ajudam a melhor canalizar o Reiki.

      Namastê
      A equipa VidaLusa

Deixe uma resposta