Sabia que o auto-conceito influencia o desempenho académico?

Hoje todos nós já ouvimos falar auto-estima e temos mais ou menos claro o que esse conceito significa. No entanto, vale lembrar que corresponde à percepção avaliativa de nós mesmos, isto é,  a forma como nos valorizamos.

Agora, sabemos o que é auto-conceito? E mais importante, qual é a relação com o desempenho académico?

Embora o auto.-conceito e a auto-estima sejam conceitos semelhantes, não devemos confundi-los. Esta é a primeira máxima que devemos respeitar para entender como esse componente psicológico influencia o desempenho académico de um aluno. De fato, esta área de estudo é fundamental para melhorar nosso sistema educacional e a forma como ensinamos a crianças, e adolescentes.

Então, podemos dizer que O auto-conceito pode ser definido como o conjunto de percepções, ideias e pensamentos que um indivíduo específico tem de si mesmo . Ou seja, seria uma parte fundamental do “eu” ou da ideia que uma pessoa tem de quem ele é.

Então, qual é a diferença entre auto-conceito e auto-estima ?

Enquanto que o autoconceito só descreve a imagem que temos de nós mesmos; A auto-estima consiste precisamente na avaliação subjectiva que fazemos das nossas características pessoais.

Outra maneira de entender o auto-conceito é como são construídas as relações que um sujeito mantém com a sociedade e pessoas proximas. Desta forma, a maneira como nos vemos influenciará grandemente a maneira como agimos em diferentes áreas de nossa vida, incluindo a educação.

 

O que é desempenho académico?

Uma definição bastante consensual de desempenho académico entende como a capacidade de aprendizagem e resposta apresentada pelo aluno . No entanto, para estudar este fenómeno, é necessário entender os diferentes factores que o afetam.

Os elementos dos quais depende o desempenho académico são variados . Eles enfatizam entre si as aptidões do próprio aluno e também a sua motivação . Mas há outros fatores que não devemos ignorar. Por exemplo, a capacidade e a qualidade dos professores, o programa educacional no qual se encontra inserido o aluno, escola, família e meio social …

Porém, um dos factores que mais influenciam a capacidade de aprendizagem de uma pessoa (e um dos menos estudados) é o auto-conceito.

Relação entre auto-conceito e desempenho académico

Várias investigações mostram que existem fortes relações entre o auto-conceito e o desempenho académico. Agora, como como acontece isso? De acordo com os últimos estudos, podemos destacar alguns factores:

  • As avaliações feitas por pessoas próximas e significativas para o aluno influenciam muito a forma como ele entende o seu papel como estudante.
  • O auto-conceito de um estudante determina o desempenho académico, já que, num nível qualitativo e quantitativo, afectará a percepção do mesmo, no esforço que precisa ser investido para aprender algo novo, a dificuldade das tarefas que ele enfrenta …
  • O auto-conceito e o desempenho académico mantêm uma relação bidireccional  e influenciam-se uns aos outros. Se um dos componentes for modificado, o sistema inteiro será alterado até que um novo equilíbrio seja atingido.

Menininha, com, óculos, leitura

Como desenvolver um bom auto-conceito no aluno

À luz dessas descobertas, parece claro que o desenvolvimento de um bom auto-conceito é vital para o aluno obter um ótimo desempenho académico . De fato, será vital em várias facetas do seu crescimento e maturação. Por este motivo, é importante ter em conta o seguinte:

  • Um sentimento de pertencer à família é básico. O estudante deve observar e encontrar no seu núcleo de compreensão de relacionamentos, interesse, afeição e consideração, bem-estar etc.
  • Também É importante que a criança se sinta única . Ela deve-se sentir como alguém especial e irrepetível, mas deve saber especificamente o que o torna diferente dos outros; permanecendo humilde em todos os momentos e focado no que precisa ser melhorado.
  • O aluno deve acreditar que é capaz de atingir os objectivos propostos e estabelecidos. Além disso, terá que saber quais os factores que estão envolvidos em tal conquista, o que o levará a aprender experiências futuras. Para fazer isso, deve ter um bom auto-controlo, o que permitirá que reaja melhor diante da adversidade.
  • Uma estrutura de comportamento seguro, estável e coerente deve ser estabelecida na vida da criança. Aqui entra em jogo a aquisição de modelos positivos que servem para incentivar os aspectos mais importantes para o seu sucesso. Isso também servirá para modificar comportamentos indesejáveis.

 

Gostou deste artigo? A melhor forma de nos agradecer é partilhando nas redes sociais e fazendo like nas nossas paginas do Facebook!
  • 11
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    11
    Shares

Deixe uma resposta